domingo, 29 de janeiro de 2012

"SYLVIA ATRICAPILLA"

Esta é a "Sylvia atricapilla",vulgo Toutinegra-de-barrete-preto,fêmea,o macho tem o barrete preto.

Parecem andar desconfiados.



Até o Cartaxito,normalmente meigo e confiante.


Vamos esperar,que remédio,o fim da época de chacina autorizada,para ver o que fica e como.
Tordos,já poucos há,vamos ver qual o desiquilibrio provocado no ecossistema,pois,as pragas que,sem o predador,vão prosperar,e os predadores que,sem alimento,vão desaparecer.
Pouca importa como dizem os carrascos-enquanto houver matam-se.

Pois,são estes os "gestores",concessionados pela tutela,para gerirem os recursos do Parque Natural/Rede Natura 2000.


E,com já quase não há tordos,até os Pintaroxos servem.

Já por aí tinha visto,assassinados a tiro,Bico-grossudo,Abelharucos,Águia-calçada,etc.,parece que irá tudo o que mexe.


* *

Para leitura de fim de Domingo recomendo:





Está em francês mas,para qualquer dificuldade,o tradutor da net serve.


Depois,enquanto não os ouço louvar ao som da 7ª de Bruckner,fica esta do Mafius Cecilius.


mário




5 comentários:

  1. Oh Mário, então a Sylvia é a Toutinegra? Assim soa-me mais familiar.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Inda agora aqui vi várias toutinegras. A Sylvia, não sabia do nome científico. Estava mesmo com ideias de vir à Net saber coisas, aliás recapitular, que a memória já não ajuda.

    Então, mas quê, os caçadores agora atiram a tudo o que mexe?!
    Velhos e bons tempos em que íamos à caça do coelho, do tordo ou da perdiz. O resto era sagrado, o dedo só carregava no gatilho quando era mesmo para "matar" peças não proibidas, teoricamente em excesso no ecossistema. Pois...

    Gosto de aqui vir, ainda que raramente deixe comentários. É o tempo, senhores, é o tempo...o do relógio, certo, mas atenção que o tempo meteorológico anda muito esquisito.

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Nem os passarinhos escapam!
    Texto preocupante e elucidativo sobre os ogm.
    Boa semana.

    Hugs

    ResponderEliminar