domingo, 2 de março de 2014

PALHADA


AÍ ESTÁ A TRADICIONAL PALHADA, COMO SE DIZ AQUI PELA BEIRA E ALI PELO ALTO-TÂMEGA, NO NORDESTE TRANSMONTANO SÃO CONHECIDAS POR CASULAS OU CASCAS.
ALÉM DA CARNE DE PORCO E BATATAS, A ESPECIALIDADE ESTÁ NOS FEIJÕES COM CASCA. NÃO É UMA QUALQUER VARIEDADE, É UMA VAGEM TENRA E SEM FIOS SECA À SOMBRA ANTES DE ESTAR COMPLETAMENTE MADURA.

UM PETISCO.

mário

7 comentários:

  1. Tenho de experimentar,
    depois digo
    se ficou "a matar"

    ResponderEliminar
  2. É verdade Mário, e eu também tive a minha dose. Não há Carnaval sem palhada nem pratos tão calóricos como os transmontanos. Ainda bem.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Ó Cid, palha, ou não palha, é uma maravilha.

      Eliminar
  4. Sim, mas se eu quiser comprar os feijões para semear o que é que peço?

    ResponderEliminar
  5. Caro Cid
    Não pedes nada, só aparecem nos pequenos mercados de proximidade, aqui pela Beira e no Nordeste Transmontano.
    Se conseguir alguns já os envio.

    ResponderEliminar